19 de fevereiro de 2009

De hoje.

 photo adell4.jpg
Adell


Apesar disso, não era feliz, nunca o fora. 
De onde vinha, pois, aquela insuficiência da vida, 
aquele apodrecimento instantaneo das coisas em que se apoiava?


Cada sorriso ocultava um bocejo de enfado,
 cada alegria uma maldição, 
todo prazer o seu desgosto

(...) 



Gustave Flaubert in: Madame Bovary




8 comentários:

Vanessa disse...

:(

(...)

beijo*

diana disse...

Simples, triste, mas lindo.

Lyani disse...

Que bonito e triste.
Adoro as suas citações...
Ah, tem presente pra vc no meu blog :D
bjos

Lici in the sky with diamonds disse...

as vezes qnd eu leio teu blog eu sinto nausea. Eh mt cru as vezes e parece q o foco sempre tah negro e distorcido. tem mais coisa pra se contemplar na vida do q as tristezas e melancolias q tu carrega tao cuidadosamente no peito, karlinne. me dah um sorriso sincero e me deixa mais feliz e menos preocupada hj. (: eu te amo.

Rilke disse...

Tu não me binou até agora.
Tô começando a ficar preocupado.

lyani disse...

Você também sumiu?

Sam disse...

Querida Linne...

Espero que toda essa tristeza já tenha se dissipado.
Te adoro.
Beijo


Ps. Saudade...

Jude disse...

faço das palavras da lici as minhas.